Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Época Contemporânea

         Esta época inclui uma grande variedade de tendências, algumas vezes opostas, outras vezes entrecruzadas. O Simbolismo marca a ruptura com o Romantismo: enquanto que para os românticos a literatura era uma forma de intervenção, para os simbolistas o poeta era um ser à parte.

         A partir de finais do séc. XIX, a fé na ciência entra em crise: a nova sociedade, em crescente industrialização e mecanização, é vulnerável, alterna períodos de expansão com outros de crise e problemas sociais; este sentimento de pessimismo culmina com o deflagrar da I Guerra Mundial.

          Portugal começou por sofrer os efeitos desta nova ordem mundial em 1891, com o Ultimato Inglês, que gerou uma onda de descontentamento e humilhação nacionais. O sistema monárquico sofreu um golpe decisivo, com o regicídio, a que se seguiu a implantação da República, em 1910. A instabilidade política, social e económica acabou por levar à queda do regime parlamentar, em 1926, e pouco depois à instauração de um regime ditatorial, consagrado em 1933.

          A evolução do mundo ocidental levou a um sentimento generalizado de descrença e insegurança em relação ao futuro. Após a II Guerra Mundial, muitos intelectuais assumiram uma postura de denúncia e intervenção; este período é marcado por movimentos artísticos que destacam um sentimento de desengano, náusea, de angústia face ao absurdo da existência humana.

Em Portugal a censura literária implantada pelo regime salazarista afectou as condições de produção e difusão de literatura; nos jornais as referências políticas desfavoráveis, as críticas e as denúncias, eram camufladas.

No período após o 25 de Abril, as actividades artísticas eram dirigidas a um público popular. Vários artistas colaboraram em campanhas de dinamização cultural; a canção de intervenção, a poesia de intervenção, o teatro popular eram formas de relacionamento com as massas.

 

 

 

publicado por Mary às 13:53
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Época Medieval

. Poesia trovadoresca

. Historiografia

. Época Clássica

. Poesia épica

. Teatro

. Prosa religiosa barroca

. Época Romântica

. O romance histórico

. A prosa realista e a Gera...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds